5)Na detecção de animais que irão desenvolver doenças de início tardio: para doenças recessivas,

AS    DOENÇAS     MAIS    COMUNS      DO   BOXER      SÃO...

A displasia coxofemoral, que ocorre em 14,1% dos cães*

A mielopatia degenerativa, com mais de 20% dos cães tendo risco aumentado**

Clique no link de cada doença para entender como avaliar a qualidade do trabalho do criador, ao reproduzir seus animais. Assim você pode escolher adquirir um filhote com mais chance de ser saudável.

Estatísticas de estudos internacionais:

* https://www.ofa.org/diseases/breed-statistics#detail (estatítica dos EUA)

** https://www.pawprintgenetics.com/products/tests/details/87/?breed=102 (Laboratório PawPrint)

***não foram encontradas estatísticas oficiais, mas o Boxer está dentre as raças mais afetadas. 

    CUIDADOS     BÁSICOS   NO     MOMENTO    DA     ESCOLHA    DO     CANIL     


Você deve se preocupar especialmente com a displasia coxofemoral, a mielopatia degenerativa e com a braquicefalia excessiva. Existem maneiras de você avaliar se o criador está realizando cruzamentos que priorizem a saúde da ninhada.

Leia mais aqui sobre a displasia coxofemoral

Leia mais aqui sobre mielopatia degenerativa

Leia mais aqui sobre braquicefalia excessiva

Área do criador