5)Na detecção de animais que irão desenvolver doenças de início tardio: para doenças recessivas,

Criador:

As doenças mais comuns que você já trabalha para diminuir suas prevalências são: 

- problemas de coluna 

- displasia coxofemoral

- displasia de cotovelo

- braquicefalia excessiva

ao clicar em cada uma delas acima, você pode ter dicas de como pensar além do básico, aumentando ainda mais a qualidade de seu trabalho.

Outras doenças genéticas mais raras na raça, para as quais já existem exames de DNA incluem:

- mielopatia degenerativa - DM

- deficiência de piruvato quinase - PK deficiency

- anomalia May-Hegglin - MHA

- atrofia progressiva da retina - PRA (tipo rcd4)

 

Criador!

...se algum animal de seu canil...

ou

...se algum ancestral de seus animais...

... possui o diagnóstico de alguma dessas doenças, o exame de DNA é essencial para detectar portadores assintomáticos e direcionar seus cruzamentos!

A meningoencealite necrosante do Pug

trata-se de uma doença rara com maior ocorrência no Pug, aparentemente de fundo autoimune. Uma mutação que predispõe para a doença já foi identificada, e é possível avaliar se seu animal possui através de exame de DNA. Este conhecimento pode ser utilizado para nunca reproduzir com outro animal que também seja portador da mutação. 

Outras doenças que podem ocorrer nesta raça são:

- dermatite atópica

- sarna demodécica

entrópio

- luxação de patela

...

... para as quais exames de DNA não se aplicam. Para diminuir a chance de nascimento de filhotes com estas doenças, análises familiares são necessárias!

Precisa de ajuda?