5)Na detecção de animais que irão desenvolver doenças de início tardio: para doenças recessivas,

Veja alguns exemplos do que pode acontecer quando você adquire um animal de um canil que não se preocupa com a criação responsável:

Na fase adulta, o cão pode ter um padrão diferente daquele esperado para a raça:

Exemplos:
- animais com o focinho mais achatado do que o normal (braquicefalia excessiva) tem diversos problemas, incluindo problemas de respiração
- animais com olhos saltados são mais propensos ao aparecimento da úlcera de córnea, que já é uma doença comum em algumas raças
-o tamanho e o peso inferior ao esperado na raça deixam o animalzinho expostos a inúmeras doenças
-para cores diferentes do esperado da raça, algumas doenças/problemas estão diretamente relacionadas à cor da pelagem. Por exemplo: a cor chamada "Merle" em várias raças, e a pequena quantidade de pintas nos dálmatas ...

 

Animais tem altas chances de terem doenças, quando criados de maneira errada

Cada raça tem suas doenças esperadas, e com o cuidado na criação podemos amenizar os efeitos ou até impedir o aparecimento das mesmas. Criando de forma aleatória e sem cuidado, não teremos controle nenhum sobre os resultados. Podemos citar como exemplo de doenças a displasia coxofemoral que acontece especialmente em raças grandes, e o prolapso da glândula da terceira pálpebra, que acontece especialmente em cães braquicefálicos (com o focinho achatado).

 

Você pode estar estimulando canis clandestinos/fazendas de cães:

Mesmo que você tenha a sorte de adquirir um cão saudável e de acordo com suas expectativas, se você compra sem conhecer o criador, você pode estar estimulando diversos tipos de criação sem qualidade.

Este tipo de criação é em geral clandestina, pois não é registrada no Kennel Club e não emite documentação de seus filhotes. 

Veja  alguns tristes exemplos deste tipo de lugar, também denominado de 'fazenda de cães'.