5)Na detecção de animais que irão desenvolver doenças de início tardio: para doenças recessivas,

Criador:

As doenças mais comuns que você já trabalha para diminuir suas prevalências são: 

- displasia coxofemoral

- cardiomiopatia dilatada

ao clicar em cada uma delas acima, você pode ter dicas de como pensar além do básico, aumentando ainda mais a qualidade de seu trabalho.

Outras doenças genéticas mais raras na raça, para as quais já existem exames de DNA incluem:

- miopatia central do Dogue Alemão - IMGD

... dentre outras!

 

Criador!

...se algum animal de seu canil...

ou

...se algum ancestral de seus animais...

... possui o diagnóstico de alguma dessas doenças, o exame de DNA é essencial para detectar portadores assintomáticos e direcionar seus cruzamentos!

A dilatação e torção gástrica é extremamente comum nesta raça, e possui grande influência genética!

Já existe como avaliar se seu animal tem predisposição genética para a torção gástrica, através de exame de DNA. Este conhecimento é muito útil para não reproduzir um cão com predisposição com outro igual, diminuindo assim a chance do problema ocorrer nos filhotes.

Outras doenças que podem ocorrer nesta raça são:

- sarna demodécica

- entrópio

- ectrópio

- estenose aórtica

- catarata

- hipotireoidismo

...

... para as quais exames de DNA não se aplicam. Para diminuir a chance de nascimento de filhotes com estas doenças, análises familiares são necessárias!

Precisa de ajuda?