Neste momento é importante considerar cuidadosamente onde pegar seu filhote. 

Diretamente de um criador:

Faça sua pesquisa diretamente com um criador pré selecionado. Um criador ético e responsável deve ter um grande conhecimento sobre a raça em particular que ele cria. Este tipo de criador não ficará incomodado com suas perguntas, mas ficará feliz em conversar com você sobre como manter os filhotes, e sobre quais cuidados de saúde  ele tomou (tanto com os filhotes como com seus pais). Por outro lado, não se sinta incomodado se o criador lhe perguntar sobre sua experiência com cães. Especialmente para algumas raças, criadores éticos não vendem filhotes para compradores inexperientes. 

O criador ético convidará você para visitar a criação e conhecer os pais e os filhotes antes de fecharem negócio. Esta será uma boa hora para realizar diversas perguntas para o criador, inclusive para examinar uma cópia do contrato de compra e venda.  

Esteja ciente de que no Brasil é bastante comum que criadores mantenham seus canis em suas próprias residências, motivo pelo qual você deve ter ainda mais educação e cuidado no momento de solicitar e realizar a visita. Saiba também, que devem existir maternidades onde pessoas vindas da rua não poderão entrar, por motivos sanitários, a não ser que os filhotes já tenham sido vacinados. Assim, não force nenhuma situação para a qual você não tenha razão. 

Instituições de caridade, ONGs ou protetores individuais de animais 

Muitos locais deste tipo oferecem filhotes ou adultos disponíveis para adoção. Esta adoção não tem custo algum, mas lembre-se que é interessante oferecer uma contribuição, afinal estes serviços são voluntários e costumam sobreviver de doações. No entanto, cheque antes se este local específico não parece "suspeito" por excesso de recursos. Infelizmente, são conhecidos casos no Brasil de "protetores" que arrecadam uma grande soma em dinheiro, pois se tornaram celebridades.

 

Existe um grande número de pessoas e instituições que trabalham com proteção animal de uma maneira séria. Procure estes locais! 

Como parceiros do projeto, indicamos algumas destas instituições no Rio Grande do Sul. Veja aqui nossas indicações. 

 

NÃO compre um filhote...

- de tutores (leigos) que "tiraram uma ninhada" de seus cães de estimação

- em pet shops

- diretamente de propagandas

pela internet

- de fazendas de animais

Encontrou um canil pela internet? CUIDADO!

Faça uma pesquisa muito mais aprofundada! Procure indicações! Cheque informações!

Em último caso, peça filmagens! Lembre-se que você pode estar lidando com o melhor criador da raça, ou com um estelionatário!

- EXISTEM pessoas que utilizam fotografias de cães que não são seus!

-existem pessoas que falsificam pedigrees e  exames de saúde!

- existem até "pessoas" que vendem filhotes recém nascidos alegando que são "mini", ou

filhotes machos mutilados (com o órgão sexual retirado) dizendo que  são fêmeas :´(  

5)Na detecção de animais que irão desenvolver doenças de início tardio: para doenças recessivas,