5)Na detecção de animais que irão desenvolver doenças de início tardio: para doenças recessivas,

ATOPIA (DERMATITE    ATÓPICA)

COMO DETECTAR O CRIADOR QUE TRABALHA PARA DIMINUIR O NASCIMENTO DE ANIMAIS QUE DESENVOLVAM ATOPIA?

O criador responsável...

...só reproduz animais saudáveis, e que nuncam tenham manifestado os sintomas da doença. 

Antes de escolher seu filhote, vá ao canil conhecer os pais. A atopia avançada é visível a olho nú. Se você suspeitar de algum problema de pele, solicite laudo do veterinário responsável pelos animais.

Muito cuidado com o criador que... 

......não possibilita que o tutor conheça o canil e veja os animais que são os pais da ninhada. Este criador pode estar reproduzindo cães totalmente atópicos, e tendo muitas ninhadas com filhotes que terão altas chances de desenvolver atopia no futuro. 

Vocé é criador, já trabalha da maneira proposta para a diminuição da doença, mas quer fazer mais?

                       Parabéns!

Informe-se aqui,

ou

entre em contato conosco! 

Descrição:

             A atopia é um problema de pele que se desenvolve devido a uma predisposição genética para o desenvolvimento da alergia a alérgenos ambientais. O Shih Tzu é uma das raças mais acometidas por essa doença.  A maioria dos cães apresenta o início dos sintomas entre seis meses a dois anos de idade, mas os sintomas podem se apresentar em qualquer idade. Um cão atópico geralmente desenvolve alergia a várias substâncias como pólen, fungos de ambiente, poeira doméstica ou fumaça de cigarro. A doença provoca inflamação, muita coceira, perda de pelos e a pele pode formar crostas. O tratamento tem como objetivo o conforto e qualidade de vida do cão.  

    

(foto cedida por Bruna Valle)

Diagnóstico:

          A doença é diagnosticada através de exames clínicos realizados por médico veterinário, especialmente o dermatologista. No entanto, se você ver um Shih Tzu com falhas de pelos e coceira excessiva, deve suspeitar deste problema, e solicitar um laudo veterinário para ter certeza qual é problema de pele do cão, pois pode ser alguma coisa mais leve e passageira. 

          Não existe um teste específico para determinar qual o tipo de substância está causando a alergia. Na maioria das vezes o diagnóstico é feito através de testes de exclusão, além de investigar informações importantes como o ambiente em que o animal vive, a alimentação, controle de parasitas, troca de produtos de limpeza de ambiente e produtos usados durante o banho. Para auxílio no diagnóstico existem ainda testes intradérmicos, similares aos de humanos, onde são testadas várias substâncias que podem causar alergia.

(foto cedida por Bruna Valle)

Colaboração: Bruna Valle, Médica Veterinária (CRMV 14367) e criadora de Shih Tzu há 10 anos.

Formada em Medicina Veterinária pela universidade federal de Pelotas-Ufpel, onde

atualmente cursa mestrado em Patologia Veterinária. Possui especialização em

nefrologia e urologia em pequenos animais pela Anclivepa-SP.

 

Para saber mais:

- University of Prince Edward Island (http://discoveryspace.upei.ca/cidd/disorder/atopy)

- Zanon JP e cols (2008). Dermatite atópica canina. Semina: Ciências Agrárias, vol. 29, núm. 4, pp. 905-919 (http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=445744090023