5)Na detecção de animais que irão desenvolver doenças de início tardio: para doenças recessivas,

Descrição:

         A terceira pálpebra é formada por uma cartilagem e coberta pela conjuntiva, fornecendo sustentabilidade ao conjunto ocular, na sua base, localiza-se uma glândula considerada como glândula lacrimal acessória, responsável por cerca de 30% a 40% da produção de lágrimas.

       O Prolapso da Glândula da Terceira Pálpebra,  inicia com o aparecimento de uma massa oval rosada no canto interno dos olhos, podendo ser nos dois olhos (bilateral) ou em apenas um (unilateral), também é conhecida como Cherry eyes (Olhos de cereja).

         O grande problema é que ocorre a alteração da quantidade lacrimal que, nesta condição, encontra-se diminuída. A lágrima como sabemos, tem funções importantes sobre todo o metabolismo ocular, como nutrição e oxigenação das células da córnea, lubrificação e proteção da superfície corneana, bactericida, etc. A sua diminuição deve ser rapidamente contornada para que a função lacrimal eficiente seja restabelecida. Há risco de ulceração devido ao olho encontrar-se mais seco.

Diagnóstico:

      O diagnóstico é visual e fácil, não necessitando auxilio de nenhum aparelho. A exposição da glândula gera uma inflamação, causando aumento de tamanho. O animal apresenta secreção mucosa, de coloração verde ou amarelada, muitas vezes confundida com pus, coceira local e leve incomodo. O veterinário deve ser consultado o mais rápido possível se o seu animal apresentar essa alteração

    

voltar para raças